Comunicados de imprensa

Inovação para novas técnicas de reciclagem

2019 10 03 inovacao para novas tecnicas de reciclagem v2

03/10/2019

  • Em 2019, a Coca-Cola já investiu 180 milhões de euros tanto na conceção de novas embalagens e operações como na procura de soluções para embalagens mais sustentáveis.

3 de Outubro de 2019. A Coca-Cola criou recentemente o Packaging Innovation Hub, cujo objetivo é acelerar a inovação e investir em soluções de embalagens sustentáveis na Europa Ocidental, assim como procurar embalagens alternativas para o futuro, tais como garrafas fabricadas com papel, biomateriais, inclusivamente alternativas de packaging free, como os equipamentos Freestyle ou soluções de micro-dosagem.

Na procura de soluções em matéria de reciclagem, a The Coca-Cola Company anunciou em 2018 um acordo com a Ioniqa Technologies para facilitar o desenvolvimento da tecnologia patenteada pela empresa para produzir plástico PET reciclado de alta qualidade e apto para uso alimentar a partir de resíduos de plástico muito degradados e difíceis de reciclar.

Das 2.1 toneladas de plástico recolhidas de praias e fundos marinhos espanhóis e portugueses em 2018 através do projeto 'Mares Circulares', 1.3 foram enviadas para a Ioniqa Technologies para serem processadas e recicladas.

Tonnis Hooghoudt, CEO da Ioniqa Technologies, afirma: “As melhorias no campo da reciclagem terão um impacto à escala mundial. Ao trabalhar com a Coca-Cola e com a Indorama para produzir esta garrafa, o nosso objetivo é mostrar o que esta tecnologia pode oferecer. A nossa nova fábrica já está operacional e estamos a ampliar esta tecnologia. O nosso objetivo é eliminar por completo o conceito de plástico descartável e os resíduos de plástico".

Também se contou com a Indorama Ventures, um dos fornecedores da Coca-Cola de plástico PET e de soluções de embalagens, que foi o responsável por transformar este plástico muito degradado em plástico PET de qualidade para conseguir que fosse introduzido em novas garrafas.

Yash Lohia, da Indorama Ventures, refere: “Através da colaboração com novas empresas focadas na melhoria das tecnologias de reciclagem, temos a oportunidade de redefinir o futuro das embalagens de plástico, assegurando que nada se desperdiça. O PET de qualquer tipo pode agora ser reciclado e transformar-se num material de melhor qualidade”.